Blog

18
Dez

Como o cigarro pode causar perda auditiva

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável do mundo. Trata-se de um problema de saúde pública que pode gerar inúmeras doenças relacionadas ao coração, além de distúrbios em vários outros órgãos.

A perda auditiva causada pelo cigarro acontece por consequência da diminuição do fluxo sanguíneo na cóclea (órgão responsável por transmitir o som para o cérebro), no interior do ouvido. As substâncias químicas do cigarro atrapalham a oxigenação do organismo e é justamente a ausência do oxigênio que influencia na perda da audição causando prejuízos irreversíveis nas células do ouvido. Essa perda auditiva é agravada quando a pessoa fuma ou fumou regularmente por um período superior a um ano.

De acordo com a pesquisa realizada com jovens entre 12 e 19 anos, os especialistas conseguiram descobrir que a exposição à fumaça do cigarro pode aumentar em até 4% os riscos de perda auditiva.

Para os pesquisadores essa é uma descoberta preocupante uma vez que, na faixa etária avaliada, os jovens estão expostos a outros fatores de risco que prejudicam a audição.

O resultado indicou que os jovens com níveis de nicotina proveniente da exposição ao fumo passivo demonstraram terem perda auditiva nas frequências mais baixas da fala humana. Do total de 1.500 jovens que participaram da pesquisa, aproximadamente 12% tinham perda auditiva de leve à severa em um ouvido.

Fonte: Compilado de texto do site direitodeouvir.com.br

Top